Choose your country / language

Um revestimento sofisticado e versátil com resultados extraordinários na maquinação a seco e a húmido às mais altas velocidades de corte.

BALINIT ALCRONA PRO

As suas ferramentas estão submetidas a altas cargas durante o processo produtivo devido às elevadas tensões mecânicas e térmicas. No entanto, é necessário aumentar a produtividade. Foi para atender a este requisito que criamos o BALINIT® ALCRONA PRO, um revestimento completo e de alto nível para aplicações de corte, puncionamento e fundição injetada. Com este revestimento, conseguimos exceder significativamente a curva de desempenho do já comprovado BALINIT® ALCRONA. Isto resulta num revestimento extremamente resistente ao desgaste com excelente dureza a quente e estabilidade perante choques térmicos. Resumindo: Um revestimento absolutamente abrangente para extraordinários resultados na maquinação a seco e a húmido com altas velocidades de corte.

  • Ampla variedade de aplicações
  • Excelente resistência ao desgaste
  • Excecional estabilidade perante choques térmicos e dureza a quente
  • Possibilidade de aumento significativo da velocidade de corte
  • Elevados índices de utilização e produtividade
BALINIT ALCRONA PRO
Material de revestimento À base de AlCrN
Tecnologia de Revestimento Arc
Cor do revestimento cinza brilhante
Dureza revestimento HIT [GPa]* 36 +/-3
Coeficiente de atrito (a seco) em comparação com aço** ~0.6
Tensão intrínseca [GPa]*** ~0.6
Temp. máx. de operação [°C]**** 1.100
Temperatura de processo [°C] < 500
Comentário geral Todos os dados fornecidos são valores aproximados, que dependem da aplicação, ambiente e condições de testes.
*Dureza revestimento HIT [GPa] Medido por nano-identação de acordo com a ISO 14577. Para multicamadas, a dureza das diferentes camadas varia. A dureza pode ser adaptada à aplicação.
**Coeficiente de atrito (a seco) em comparação com aço Determinada pelo teste esfera no disco em condições a seco com uma esfera de aço de acordo com a ASTM G99. Durante a operação, os valores podem ser excedidos.
***Tensão intrínseca [GPa] Medido por XRD e/ou pelo método de curvatura (equação Stoney). A tensão térmica calculada foi removida.
****Temp. máx. de operação [°C] Estes são os valores aproximados no campo. Devido às leis da termodinâmica, há uma dependência de pressão na aplicação.

Comentários ou perguntas? Contacte-nos!

keyboard_arrow_up