\uf1ad

Processos à base de PVD Os processos PVD

Processos à base de PVD

O que é revestimento PVD?

PVD significa Deposição Física de Vapor. O processamento PVD é feito sob alto vácuo a temperaturas que variam na ordem de 150° e 500 °C.

Como o processo PVD funciona?

No processo PVD, o material de revestimento sólido de alta pureza (metais como titânio, cromo e alumínio) pode ser evaporado pelo calor ou então bombardeado com íons (sputtering). Ao mesmo tempo, é introduzido um gás reativo (por exemplo, nitrogênio ou um gás que contenha carbono), formando um composto com o vapor metálico que se deposita nas ferramentas ou nos componentes na forma de um revestimento fino e altamente aderente. Para atingir uma espessura de revestimento uniforme, as peças devem girar várias vezes a uma velocidade constante.

As propriedades do revestimento (como dureza, estrutura, resistência química e resistência à temperatura, aderência) podem ser desta forma controladas com rigor.

Os processos PVD contemplam evaporação por arco voltaico, sputtering, galvanização iônica e sputtering incrementado.

Assim como os processos PVD já conhecidos, a Oerlikon Balzers também oferece diversos processos desenvolvidos nas instalações do cliente.

Contato